13.5 C
Brasília
Quarta-feira, 29 Junho, 2022

Vídeo: nos EUA, Barroso é chamado de “demônio” e “satanás” por manifestante

Um vídeo que viralizou nas redes sociais, mostra o ministro Luiz Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), sendo hostilizado por um manifestante nos Estados Unidos. Na ocasião, o magistrado é xingado de “demônio” e “satanás”.

Barroso foi aos Estados Unidos esta semana, onde esteve na Universidade de Harvard na quarta-feira (1º) passada para dar uma palestra na Kennedy School, escola de serviço público da universidade americana.

Na gravação, o ministro aparece utilizando fone de ouvidos em frente a um estabelecimento, quando é confrontado por um homem que não aparece na gravação, e ainda não foi identificado.

“Oh, galera, quem eu encontro. O demônio que encontro aqui, oh. Oh, o demônio que encontro aí, galera. Satanás. Está aqui na Harvard se achando o bacanudo, demônio. Boquinha de veludo”, diz o militante. Barroso, por sua vez, entrou no estabelecimento assim que foi confrontado.

O ministro Barroso virou alvo de intensas críticas desde abril passado, quando fez uma polêmica declaração sobre as Forças Armadas, durante uma videoconferência, ao participar do Brazil Summit Europe 2022 no dia 24 daquele mês. Na ocasião, ele disse que os militares estariam sendo utilizados para atacar o sistema eleitoral do país.

O ministro da Defesa, general Pulo Sérgio, repudiou a declaração: “Afirmar que as Forças Armadas foram orientadas a atacar o sistema eleitoral, ainda mais sem a apresentação de qualquer prova ou evidência de quem orientou ou como isso aconteceu, é irresponsável e constitui-se em ofensa grave a essas Instituições Nacionais Permanentes do Estado Brasileiro. Além disso, afeta a ética, a harmonia e o respeito entre as instituições”, disse o militar.

DESTAQUE
- Publicidade -
Veja também: