28.5 C
Brasília
Sexta-feira, 12 Agosto, 2022

Vídeo: Lula viola a lei eleitoral e pede voto antes da campanha oficial

Na quarta-feira (03), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva esteve na capital do Piauí, Teresina, onde discursou para a plateia que o aguardava. Na ocasião, o líder petista acabou violando a legislação eleitoral, pois pediu votos antes do início da campanha oficial, que será no dia 16 desse mês.

“Eu queria pedir para vocês… Cada mulher ou cada homem do Piauí que tem disposição de votar em mim, que tem disposição de votar no Wellington, eu queria pedir para vocês que no dia 2 de outubro vote em mim, vote no Wellington, mas primeiro vote no Rafael, porque ele vai cuidar do povo do Piauí”, afirmou o petista.

De acordo com o artigo 36 da lei das eleições, conforme o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), os pré-candidatos cometem infração se fizerem “pedido explícito de voto”, exatamente como fez Lula.

O curioso é que Lula havia dito logo no início do evento que não pediria votos. “Quero dizer para vocês que a minha vinda aqui hoje não é apenas para pedir voto para mim, porque eu não posso pedir voto ainda”, afirmou o petista, portanto, se contradizendo em seguida. Assista:

DESTAQUE
Veja também:
close