10.5 C
Brasília
Quarta-feira, 29 Junho, 2022

URGENTE: 27 senadores assinam requerimento para Moraes dar explicações ao Senado

O senador Eduardo Girão utilizou as suas redes sociais no início da tarde desta sexta-feira (01), para anunciar que conseguiu reunir a quantidade mínima necessária de assinaturas de um requerimento para que o ministro Alexandre de Moraes possa dar explicações ao Senado Federal sobre inquéritos que tramitam no Supremo Tribunal Federal (STF).

“Vitória! Requerimento nosso para ouvir Alexandre de Moraes foi assinado por 27 senadores”, anunciou o senador, explicando que a iniciativa visa levar o ministro do STF a esclarecer algumas medidas polêmicas tomadas pelo STF nos últimos meses.

“Em menos de 24 horas conseguimos o mínimo de assinaturas necessárias para que o posamos levar à votação no Plenário do Senado. Sendo aprovado podemos ter os esclarecimentos sobre inquéritos”, acrescentou o parlamentar, ressaltando a quantidade expressiva de parlamentares que apoiaram a medida.

A reação dos senadores surge em um momento onde os parlamentares vêm sendo cobrados para reagir contra decisões consideradas autoritárias, tomadas pelo ministro Alexandre de Moraes, como as ordens de prisão expedidas contra o ex-deputado Roberto Jefferson e o deputado Daniel Silveira.

Esta semana, Moraes passou a ser alvo de críticas intensas ao ordenar que Silveira volte a utilizar tornozeleira eletrônica. Segundo o deputado, tal medida não poderia ter sido tomada sem passar pelo crivo da Câmara dos Deputados. Aliados de Silveira, incluindo senadores, viram a decisão como uma interferência do poder Judiciário no Legislativo.

Agora, com o recolhimento das 27 assinaturas, o Senado Federal deverá votar no Plenário se pedirá ou não a Moraes para que esclareça as suas decisões aos senadores. Contudo, a pauta precisa ser posta para votação, o que também dependerá do presidente da Casa, o senador Rodrigo Pacheco.

Em resposta a Girão, alguns internautas argumentaram que mesmo que o requerimento seja aprovado pelo Senado, os demais ministros do STF reagiriam, não permitindo que Moraes fosse ao Plenário para dar explicações aos senadores. Em todo caso, trata-se apenas de uma especulação.

DESTAQUE
- Publicidade -
Veja também: