28.5 C
Brasília
Sexta-feira, 12 Agosto, 2022

Psicóloga cristã diz que teve palestra cancelada após ameaças de ativistas LGBTs

A psicóloga cristã Marisa Lobo, presidente do PTB do Paraná e pré-candidata à deputada federal pelo estado, fez uma publicação onde denuncia que uma palestra sua, agendada para esta quarta-feira (13) numa instituição de ensino superior, foi cancelada após ameaças de ativistas LGBTs.

O evento estava marcado para ocorrer às 19h na UniEnsino – Centro Universitário do Paraná. “Eu iria falar sobre o tema Gênero, assunto sobre o qual tenho livros publicados e estudo há quase 20 anos”, afirmou Marisa.

“Entretanto, para a minha surpresa, fui informada que professores, a diretora da instituição e alunos que fizeram a inscrição voluntária para participar do evento, passaram a ser intimidados por ativistas LGBTs, que chegaram a fazer ligações telefônicas para pressionar os estudantes contra a palestra”, disse a psicóloga.

“Cerca de 90 alunos do curso de Pedagogia já estavam na lista de presença da palestra. Uma fonte me disse que seis ativistas LGBTs foram discutir com a diretora do Centro Universitário contra o evento, lhe ameaçando com possíveis reações para que a palestra fosse cancelada, o que de fato aconteceu”, completou Marisa Lobo.

Segundo a profissional, prevendo alguma manifestação violenta diante das possíveis reações por parte dos ativistas, a diretora da UniEnsino teria optado por cancelar a palestra pensando em garantir a integridade física da psicóloga e dos alunos que estariam no evento.

“Desde que me levantei contra a erotização infantil, a doutrinação nas salas de aula e a ideologia de gênero, indo a diversos eventos e a audiências públicas no Congresso Nacional, como ativista e pesquisadora, passei a ser alvo de calúnias e perseguição constantes”, lamentou Marisa em sua publicação para o Pleno News.

A psicóloga, contudo, indicou que esse tipo de reação ao seu trabalho apenas lhe fortalece. “Estou acostumada a lidar com ‘cancelamentos’, e de certa forma feliz, pois eles contribuíram para me fazer chegar onde estou. Aviso aos ‘milicos’ que continuarei fazendo o meu trabalho, independentemente do quão baixos e ignorantes possam ser”, conclui. Confira:

DESTAQUE
Veja também:
close