Mais

    “Nossa agricultura é eficiente, forte e alimenta o mundo”, diz Paulo Guedes

    O ministro da Economia, Paulo Guedes, argumentou em defesa dos interesses brasileiros durante a sua participação na terça-feira (30) da comissão mista da covid-19 no Congresso Nacional, criticando países como a França e a Holanda devido ao protecionismo ambiental em consequência de interesses comerciais.

    “Não posso falar isso como ministro de estado, mas a França eu sabia que ia criar caso porque é protecionista. Eles têm medo da nossa agricultura”, afirmou o ministro, segundo informações do UOL.

    “Eles se protegem contra nós e argumentam que queimamos florestas para eles continuarem impedindo a entrada dos nossos produtos agrícolas lá. França e Holanda estão disfarçando velhas teses protecionistas, jogando uma pecha no Brasil independentemente de haver embasamento factual”, completou.

    Para Guedes, o Brasil tem recursos suficientes para se manter forte economicamente, especialmente devido à sua agricultura, capaz de “alimentar o mundo”. Neste sentido, críticas à política ambiental brasileira seriam, segundo o ministro, formas de tentar diminuir o poder comercial nacional perante o mercado externo.

    “Vamos cuidar do nosso meio ambiente, mas não vamos cair na armadilha de atacar o próprio Brasil protegendo interesses de outros países contra o Brasil. Nossa agricultura é eficiente, forte e alimenta o mundo”, afirmou Guedes.

    Leia também:

    Posts da semana

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    close