Ministro sobre questões de gênero: “Não podemos violentar a inocência das crianças”

O ministro da Educação voltou a se posicionar contra o ensino da ideologia de gênero nas escolas do país para crianças do fundamental. Milton Ribeiro fez declarações contundentes durante  a cerimônia de lançamento da implementação do Novo Ensino Médio, realizada no auditório do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP), na última terça-feira.

“Não vou permitir que em livros didáticos que a gente possa levar questões de gênero para crianças de 6 anos de idade, tudo tem o seu tempo certo, não podemos violentar a inocência das crianças”, afirmou o ministro.

Ribeiro explicou que a sua posição não diz respeito à opinião dos adultos, mas ao fato de alguns quererem trazer esse debate para a sala de aula, envolvendo crianças em um tema complexo que para muitos especialistas não possui embasamento científico, motivo pelo qual é tratado como uma ideologia.

“Respeito as decisões dos adultos, mas discordo de falar para uma criança que ela pode ser menino ou menina aos 6 anos de idade, esse é um compromisso de valores que nosso governo tem e não vamos abrir mão”, destacou Ribeiro.

Deixe o seu comentário: