Mais

    Ministro do STF anula mais provas contra Lula e chama a sua prisão de “armação”

    O ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal (STF), acaba de anular todas as provas obtidas contra o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), no âmbito da Operação Lava Jato, por meio do acordo de leniência da construtora Odebrecht e dos sistemas de propina da empresa.

    Segundo o magistrado, haveriam indícios de que as tratativas envolveram colaboração informal com autoridades estrangeiras, à margem dos canais oficiais. Essa suspeita, no entanto, já foi rebatida pelo ex-coordenador nacional da Lava Jato, Deltan Dallagnol, quando as acusações contra ele e a sua equipe de procuradores começaram a surgir.

    Dallagnol afirmou que todos os acordos e cooperação com as autoridades estrangeiras foram feitas de acordo com a lei, mas para Toffoli, os procuradores estabeleceram “tratativas diretas com o Departamento de Justiça dos Estados Unidos da América, bem como com a Procuradoria-Geral da Suíça, remetendo “recursos do Estado brasileiro ao exterior sem a necessária concorrência de órgãos oficiais como a Advocacia-Geral da União, o Ministério das Relações Exteriores e o Ministério da Justiça e Segurança Pública”.

    Com isso, o ministro do STF classificou a prisão de Lula como uma “armação”, o que poderá trazer consequências judiciais contra os agentes responsáveis pela Lava Jato, que operou principalmente entre os anos 2014 e 2018, entre eles o atual senador Sérgio Moro e Dallagnol.

    Segundo Toffoli, a prisão de Lula “tratou-se de uma armação fruto de um projeto de poder de determinados agentes públicos em seu objetivo de conquista do Estado por meios aparentemente legais, mas com métodos e ações contra legem”.

    “Digo sem medo de errar, foi o verdadeiro ovo da serpente dos ataques à democracia e às instituições que já se prenunciavam em ações e vozes desses agentes contra as instituições e ao próprio STF”, completou o ministro em sua decisão, segundo informações da CNN Brasil.

    Leia também:

    “A Rede Globo está acabando”, diz ator Pedro Cardoso ao lamentar derrocada da emissora

    Famoso principalmente por ter interpretado o personagem "Agostinho Carrara"...

    Maduro vai cair? Opositores arrastam multidão restando poucos dias para as eleições

    Opositores do ditador Nicolás Maduro, Maria Corina e Edmundo...

    VÍDEO: ator comediante Jim Carrey imita Joe Biden, arranca gargalhadas e viraliza

    Os episódios de confusão mental protagonizados pelo presidente dos...

    “Foi somente Deus que impediu que o impensável acontecesse”, diz Trump após atentado

    Donald Trump, candidato à Presidência dos Estados Unidos que...

    Posts da semana

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    close