13.5 C
Brasília
Quarta-feira, 29 Junho, 2022

Governador do Maranhão opina sobre reeleição de Bolsonaro: “Virou uma improbabilidade”

De acordo com Flávio Dino, governador do Maranhão, o presidente Jair Messias Bolsonaro vem enfrentando o pior momento em sua carreira política desde que foi eleito em 2018. Isso se deveria à combinação proporcionada por sua atuação no momento de pandemia, que vem sendo criticada, e a suposta dificuldade de lidar com o Congresso neste momento.

“Bolsonaro é forte candidato a ser o 1º presidente a não ser reeleito desde que a reeleição foi permitida no Brasil”, afirmou Dino durante uma entrevista ao Poder 360. Vale lembrar que Fernando Henrique Cardoso (PSDB), Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Dilma Rousseff (PT) foram todos reeleitos.

Além disso, a possível candidatura do ex-presidente Lula após a decisão do STF de anular seus processos criminais em Curitiba poderá ser um fator decisivo na reeleição (ou não) de Jair Bolsonaro.

Agora, de acordo o governador do Maranhão, ele acha “natural, quase óbvio” pensar na possibilidade de prestar seu apoio ao petista, embora isso não represente um rompimento direto com a base de 15 partidos construídos por Dino, a qual conta com o PSDB, que é representado por seu vice, Carlos Brandão.

Quando questionado sobre a forte tendência de reeleição existente no Brasil e à possibilidade de Bolsonaro dar continuidade à mesma, Flávio Dino afirmou que a “improbabilidade” do governo Bolsonaro pode ter anulado suas chances de ser reeleito.

“O Bolsonaro é uma improbabilidade em tudo. Ele é um forte candidato a ser o primeiro presidente que quebra a regra pró-reeleição e não se reelege. Assim como era improvável se eleger, se elegeu. Era quase inacreditável que fizesse tanto disparate no meio de uma pandemia, e ele fez. Então acho que o que era tido como mais provável, que era ele se reeleger, virou agora uma impossibilidade”, declarou.

DESTAQUE
- Publicidade -
Veja também: