15.5 C
Brasília
Sábado, 25 Junho, 2022

“Finalmente chegou o momento de despedida”, diz secretário sobre possível demissão

Uma declaração atribuída ao secretário de Vigilância em Saúde do governo federal, Wanderson Kleber de Oliveira, indica que o ministro da Saúde, Henrique Mandetta, pode estar com os dias contatos na pasta.

“Finalmente chegou o momento de despedida. […] Ontem, tive reunião com o ministro, e sua saída está programada para as próximas horas ou dias. Infelizmente, não temos como precisar o momento exato”, escreveu Wanderson, segundo o jornal Folha de S. Paulo.

Wanderson teria comentado ainda que com a saída de Mandetta, funcionários de cargos eletivos também devem ser demitidos, entre eles o próprio secretário. Os rumores, contudo, não foram confirmados diretamente pelos membros da pasta.

“Pode ser um anúncio respeitoso diretamente para ele ou pode ser um Twitter. Só Deus para entender o que o querem fazer. […] De qualquer forma, a gestão de Mandetta acabou e preciso me preparar para sair junto, pois esse é um cargo eletivo e só estou nele por decisão do Mandetta”, completou o secretário.

A saída de Mandetta do Ministério da Saúde teria sido confirmada pelo próprio ministro aos seus colegas de equipe, após uma coletiva de imprensa no Palácio do Planalto na terça-feira, 14. Segundo a Folha, a demissão do ministro só ocorrerá após o presidente Jair Bolsonaro escolher um nome para substituí-lo.

DESTAQUE
- Publicidade -
Veja também: