Mais

    Ex-ministro do STF detona fala de Lula sobre voto secreto: “Época das cavernas”

    O ex-ministro Marco Aurélio Mello, aposentado do Supremo Tribunal Federal (STF) durante a gestão do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), criticou duramente uma fala do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), na terça-feira, onde o petista defendeu a realização de votos secretos na mais alta Corte do país.

    Para Lula, “a sociedade não tem que saber” como cada ministro do Supremo vota em suas decisões. A fala do petista foi criticada até mesmo por simpatizantes. Para Marco Aurélio, a sugestão do presidente é “um arroubo de retórica inconcebível”.

    “A publicidade é desinfetante, é o que clareia, o que direciona a dias melhores. Não há espaço para mistério, não podemos voltar à época das cavernas. Os ministros do STF têm que prestar contas para a sociedade, todo homem público têm que prestar contas”, comentou o ex-ministro, segundo o Poder360.

    Em sua fala, Lula afirmou o seguinte: “Se eu pudesse dar um conselho, é o seguinte: a sociedade não tem que saber como é que vota um ministro da Suprema Corte. Sabe, eu acho que o cara tem que votar e ninguém precisa saber. Votou a maioria 5 a 4, 6 a 4, 3 a 2. Não precisa ninguém saber”.

    A Constituição Federal, contudo, estabelece a publicidade dos votos dos magistrados. Lula argumentou que com o voto secreto, os magistrados teriam sua privacidade mais preservada, sofrendo menos riscos nas ruas devido a possíveis críticas da sociedade.

    Mas, para o professor membro do Núcleo de Justiça e Constituição da FGV-SP, Rubens Glezer, “nem toda crítica é ataque. A crítica que vem da sociedade, da academia, se fundamentada e séria, serve para aperfeiçoar a instituição, para que melhorem as suas praticas porque é uma instituição sem quase nenhum outro mecanismo de controle.”

    “Isso ajuda o Supremo. Todas as vezes que o Supremo ouviu essas críticas pertinentes e agiu de acordo, fez bem”, completou o professor, segundo o Estadão.

    Leia também:

    “A Rede Globo está acabando”, diz ator Pedro Cardoso ao lamentar derrocada da emissora

    Famoso principalmente por ter interpretado o personagem "Agostinho Carrara"...

    Maduro vai cair? Opositores arrastam multidão restando poucos dias para as eleições

    Opositores do ditador Nicolás Maduro, Maria Corina e Edmundo...

    VÍDEO: ator comediante Jim Carrey imita Joe Biden, arranca gargalhadas e viraliza

    Os episódios de confusão mental protagonizados pelo presidente dos...

    “Foi somente Deus que impediu que o impensável acontecesse”, diz Trump após atentado

    Donald Trump, candidato à Presidência dos Estados Unidos que...

    Posts da semana

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    close