15.5 C
Brasília
Sábado, 2 Julho, 2022

Carmem Lúcia pede que o STF decida com “urgência” sobre a Copa América no Brasil

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, marcou para a próxima quinta-feira (10) o julgamento de ações que querem barrar a realização da Copa América de futebol no Brasil.

Fux atendeu a um pedido da relatora, ministra Cármen Lúcia. O julgamento será em plenário virtual, no qual os ministros inserem o voto em sistema eletrônico. Pela decisão de Fux, o julgamento começará à 0h00 e acabará às 23h59 de quinta-feira.

A Copa América seria realizada na Colômbia e na Argentina, mas foi cancelada na Colômbia em razão de protestos no país. Depois, o torneio também foi cancelado na Argentina por causa do avanço da Covid.

O Brasil, então, foi escolhido como sede, e a decisão teve o apoio do presidente Jair Bolsonaro. O torneio começa no próximo dia 13. Em seu pedido, Carmem Lúcia destacou a necessidade de julgamento “urgente” por parte do Supremo.

Ela apontou a “excepcional urgência e relevância do caso e da necessidade de sua célere conclusão”, considerando que a competição começa no dia 13. A colocação do tema em pauta de julgamento, contudo, já vem despertando críticas entre os apoiadores do governo.

O deputado Paulo Eduardo Martins, por exemplo, comentou: “Não existe no planeta uma suprema corte que seja tão exposta quanto o nosso STF, que é demandado para tudo, especialmente chicanas políticas. É preciso alterar as formas de acesso ao Supremo. O STF tem que ser uma corte constitucional, não um conselhão da República”. Com informações: G1

DESTAQUE
- Publicidade -
Veja também: