21.5 C
Brasília
Sábado, 2 Julho, 2022

Bolsonaro sobre preços da Petrobrás: ‘Parece até orquestrado o que vem acontecendo’

O presidente Jair Bolsonaro voltou a criticar a política de preços da Petrobrás, a estatal brasileira que influencia diretamente no valor dos combustíveis automotivos no país. Para o chefe do Executivo, os constantes reajustes que vêm sendo praticados, somados ao anúncio de lucros recordes por parte da empresa, sugerem algo “orquestrado”.

Segundo Bolsonaro, a Petrobrás tem deixado de ter responsabilidade social com os brasileiros. O presidente já afirmou, por exemplo, que os ganhos da petrolífera são “maiores” do que os de petrolíferas multinacionais. As declarações foram dadas durante entrevista ao apresentador Sikêra Jr., da Rede TV!, nesta segunda-feira (30).

“Parece até que é orquestrado o que vem acontecendo aqui no Brasil. A Petrobras não precisa desse lucro excessivo”, disse o presidente, ressaltando que a estatal “não tem qualquer responsabilidade” e que, apesar de seu governo respeitar o livre mercado, a Petrobras “abusa”.

Também segundo Bolsonaro, se os governos anteriores tivessem cumprido suas promessas no tocante ao investimento na estatal, o Brasil hoje estaria mais independente do mercado externo, outro fator que afeta a política de preço dos combustíveis.

“Lá atrás, o outro presidente, de 9 dedos, começou a fazer 3 refinarias no Brasil. Gastou R$ 3 bilhões e hoje são 3 grandes sucatas no Brasil, não refina 2 barril de óleo diesel. Temos que importar, nos sujeitar ao preço de fora”, disse Bolsonaro em referência ao ex-presidente Lula (PT).

DESTAQUE
- Publicidade -
Veja também: