15.5 C
Brasília
Sábado, 25 Junho, 2022

Bolsonaro sobre Moraes: ‘Estamos esgotando tudo nas 4 linhas; ele quer uma ruptura?’

Nesta quinta-feira (26), em Brasília, o presidente Jair Bolsonaro voltou a criticar o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), devido à condução do polêmico inquérito das “fake news”, assim como outras decisões consideradas pelo Executivo como abusivas.

Ao falar com jornalistas numa igreja do Distrito Federal, Bolsonaro disse que o ministro é “totalmente parcial. Não tenho dúvida disso. Os próprios atos dele bem demonstram”. O presidente, contudo, disse esperar para este ano “eleições limpas”, cujo resultado seja decidido “democraticamente”.

Bolsonaro, contudo, ingressou com uma ação no próprio STF contra Moraes, por abuso de autoridade, a qual foi rejeitada pelo ministro Dias Toffoli. Como resultado, ele acionou a Procuradoria-Geral da República, por meio da Advocacia-Geral da União, solicitando uma revisão da decisão.

Para o presidente, todas as suas iniciativas têm por objetivo esgotar os recursos legais do governo em relação ao que o Executivo considera violações por parte do ministro do STF.

“Estamos esgotando tudo dentro das 4 linhas da Constituição. Você tem alguma dúvida de que há abuso de autoridade para comigo? Esse próprio inquérito de fake news não passou pelo Ministério Público Federal. Nunca vi inquérito durar tanto tempo como esse”, disse o presidente.

“Quando a gente pensa que vai resolver, complica a situação. O que é o senhor Alexandre de Moraes? Ele quer o confronto? Uma ruptura? Por que ele ataca tanto a democracia? Por que você não pode apresentar sugestões ao TSE a convite do TSE?”, concluiu Bolsonaro.

DESTAQUE
- Publicidade -
Veja também: