25.5 C
Brasília
Sábado, 21 Maio, 2022

Bolsonaro pede que todo cidadão ‘possua sua arma para resistir’ a eventual ditador

O presidente Jair Bolsonaro esteve discursando na 48ª Edição da Expoingá, em Maringá, onde cumpriu agenda na última quarta-feira. Na ocasião, o chefe do Executivo incentivou o armamento da população, segundo ele, para que a população possa resistir a uma eventual ditadura no país.

“Somente os ditadores temem o povo armado”, disse Bolsonaro. “Eu quero que todo cidadão de bem possua sua arma de fogo para resistir, se for o caso, à tentação de um ditador de plantão.”

“Ninguém mais do que esse presidente, diferentemente do que a grande mídia diz, é defensor da nossa Constituição e da nossa liberdade”, acrescentou o presidente. Em outra ocasião, Bolsonaro disse que o armamento da população também auxilia às Forças Armadas na defesa do país.

“E para vocês, família brasileira, a arma de fogo é uma defesa da mesma e é um reforço para as nossas Forças Armadas porque um povo de bem armado jamais será escravizado”, destacou o presidente.

“Nós implementamos e muito o direito da posse e do porte de armas para vocês. Tenho presente comigo o atual ministro da Defesa, general Paulo Sérgio, e o meu último ministro da Defesa, o general Braga Netto, que bem sabem a importância que uma nação bem armada é uma forma de evitar qualquer interesse externo sobre a sua pátria.”

Bolsonaro também voltou a citar a sua preocupação com a Amazônia brasileira, que segundo ele é visada por outras nações. “O Brasil tem um área que é cobiçada por muitos países que é a nossa região amazônica”.

- Publicidade -
Última notícia
- Publicidade -
Veja também:
close