15.5 C
Brasília
Sábado, 25 Junho, 2022

Bolsonaro ironiza e sugere a Renan Calheiros fazer “CPI do leite condensado”

Na manhã desta quarta-feira (12) o presidente da República ironizou, durante uma conversa com apoiadores em frente ao Palácio da Alvorada, o trabalho realizado na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid-19, que busca investigar possíveis omissões do governo federal, dos estados e do municípios durante o combate à pandemia.

“Você viu o Renan Calheiros [senador pelo MDB de Alagoas e relator da comissão] essa semana? ‘A CPI não existe para investigar desvio de recurso.’ Vou dar sugestão para o Renan: depois fazer a CPI do leite condensado”, declarou o mandatário.

A piada feita pelo chefe de estado faz alusão à polêmica iniciada em janeiro por conta dos supostos gastos de R$ 15 milhões na compra de leite condensado para todos os órgãos do executivo federal no ano passado.

A explicação dada na época para tais números foi que o item atendeu cerca de 370 mil militares, e é usado também no abastecimento de programas de alimentação através do Ministério da Cidadania e do Ministério da Educação, como apontado pelo R7.

DESTAQUE
- Publicidade -
Veja também: