15.5 C
Brasília
Sábado, 2 Julho, 2022

Anvisa libera a retomada de testes com a “vacina chinesa”

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) liberou na quarta-feira a retomada dos testes com a CoronaVac, popularmente chamada de “vacina chinesa”, após ter anunciado a suspensão das pesquisas na segunda-feira.

“Após avaliar os novos dados apresentados pelo patrocinador depois da suspensão do estudo, a Anvisa entende que tem subsídios suficientes para permitir a retomada”, informou a agência por meio de nota.

A suspensão dos testes ocorreu após a informação de que um dos voluntários envolvido nas pesquisas morreu. Contudo, foi constatado que a sua morte teria ocorrido por meio de suicídio, não tendo relação com a CoronaVac.

O presidente Jair Bolsonaro anunciou durante uma live na quarta-feira que se a vacina chinesa for certificada pela Anvisa, o Brasil poderá comprar o medicamento. Assista abaixo:

DESTAQUE
- Publicidade -
Veja também: