“5 bilhões que iam para Globo agora são usados para fazer barragem”, diz ministro

O ministro do Desenvolvimento Regional (MDR), Rogério Marinho, comentou sobre o uso de verbas públicas destinadas à sua pasta. Segundo ele, desde que o atual governo deixou de investir como antes em repasses publicitários para grandes emissoras, obras de infraestrutura se tornaram mais viáveis e crescentes no país.

A declaração ocorreu durante um discurso na Barragem do Alívio, no Rio Grande do Norte, na terça-feira (27/07). “Quase 5 bilhões de reais por ano eram destinados aos grandes grupos de comunicação do país. Essa grana acabou; esse dinheiro mingou”, afirmou o ministro.

“A Rede Globo e os grandes anunciantes do país não têm mais recurso público para ficar anunciando obra de governo federal não. Este recurso, que antes era usado desta forma, agora é investido aqui, em Alívio, em Caiçara, em Lages”, destacou Marinho.

A inda segundo Marinho, o número de críticas por parte da imprensa contra o presidente da República seria devido a essa redução de verbas publicitárias. “Nós temos um presidente que é agredido todos os dias porque, olha que coisa engraçada, ele fala de família, de Deus, de pátria”, afirmou.

“Ele fala de valores, e isso incomoda muita gente, por incrível que pareça. Parece que essa gente ‘tá com saudade de dólar na cueca, de assalto à Petrobras, de corrupção escancarada, de compra de parlamentar com o mensalinho”, concluiu o ministro.

Deixe o seu comentário: