Mais

    [Vídeo] Filho de um dos fundadores do Hamas: “Se Israel falhar, seremos os próximos”

    Desde que foi desencadeada a nova guerra entre Israel e o Hamas, o filho de um dos fundadores do grupo terrorista, Hassan Yousef, voltou a ter destaque nas mídias internacionais ao alertar sobre os reais objetivos dos extremistas islâmicos que atacaram o Estado judeu.

    Na última segunda-feira, em um discurso na Organização das Nações Unidas, Hassan voltou a fazer seu alerta, dizendo que a luta de Israel contra o terrorismo é vital não só para os judeus, mas para o mundo.

    Na ocasião, Hassan citou a morte de crianças na Faixa de Gaza, argumentando que essa situação teria sido intencionada pelo Hamas, a fim de que Israel fosse culpabilizado devido aos seus ataques.

    “Esse crime não pode ser perdoado. Nenhum de nós deveria perdoar esse crime. Jogar com o sangue das crianças para obter ganhos políticos? Não fica pior do que isso”, disse ele em seu discurso.

    “Então, Israel agora ficou manchado de sangue. Isso é o que o Hamas queria que acontecesse desde o primeiro dia. Eles queriam sacrificar milhares de crianças, para que Israel assumisse a culpa. Cavar túneis e bunkers sob hospitais, escolas, lançar mísseis”.

    “Uma falha de lançamento do Hamas… Quantas pessoas morreram em um hospital, e eles foram tão rápidos para culpar Israel e o resto do mundo. Escute-os. E ouça a propaganda deles. Ninguém está preocupado em verificar o que é verdadeiro e o que é falso”, completou.

    Israel, por sua vez, já vem acusando o Hamas de utilizar civis como escudo humano, até mesmo dificultando o acesso deles aos corredores humanitários que permitem a evacuação das zonas atacadas. Assista:

    Leia também:

    Posts da semana

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui