Mais

    Ministra da Saúde alega compromisso e abandona debate na Câmara: ‘Covarde e fujona’

    A ministra Nízia Trindade, da pasta da Saúde, participou nesta terça-feira de uma audiência da Comissão de Fiscalização Financeira e Controle, da Câmara dos Deputados, convocada por parlamentares da oposição com o objetivo de esclarecer suspeitas de fraude em uma licitação.

    Durante a participação de Trindade, porém, também lhe foram feitos questionamentos sobre a decisão do governo de tornar a vacinação contra o COVID obrigatória para crianças até 05 anos.

    Após responder a alguns questionamentos, porém, a ministra alegou que teria uma agenda de compromisso com o presidente Lula, precisando se ausentar da sessão, o que acabou deixando os oposicionistas furiosos.

    “Como havia lhe adiantado [presidente da comissão, Bia Kicis (PL-DF], acho que respondi a todos os requerimentos eleitos, muitos deles são reiterações de respostas anteriores, vou precisar me ausentar. Estou indo para a missão em Dubai com o presidente e deixo aqui o registro de que continuaremos a ser um ministério do SUS e a defesa da vida”, disse Trindade.

    Bia Kicis, por sua vez, rebateu: “Eu combinei com sua assessoria que nós teríamos quatro horas de audiência. Não temos quatro horas, temos três horas. Peço que a senhora fique. Quero deixar claro que esse não foi o combinado. Peço que os secretários permaneçam”.

    Nízia Trindade não atendeu ao pedido e se ausentou, ocasionando um bate-boca no local. Pelas redes sociais, o deputado federal Nikolas Ferreira acusou a ministra de faltar com a verdade, postando um print do que seria a agenda oficial da socióloga.

    “Olha só: não existe a tal da viagem na agenda oficial da ministra Nísia Trindade. Covarde e fujona”, criticou o deputado. Você pode assistir a íntegra da sessão de hoje no vídeo abaixo:

     

    Leia também:

    Posts da semana

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui