24.5 C
Brasília
Segunda-feira, 27 Junho, 2022

Polícia Civil prende homem que ameaçou matar Bolsonaro em Brasília

O homem que ameaçou matar o presidente da República, Jair Bolsonaro, e o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), foi preso pela Polícia Civil na última quarta-feira, 21 de maio.

Célio Evangelista Ferreira do Nascimento, 79 anos, se autoproclamou “presidente constituinte da República” em um vídeo que recebeu o título “Morte aos demônios”, onde fazia ameaças de morte a diversas autoridades.

A prisão de Nascimento ocorreu no condomínio residencial de luxo Lake Side, localizado às margens do Lago Paranoá.

De acordo com informações do portal Metrópoles, a operação foi realizada pela Polícia Civil com acompanhamento do Ministério Público do DF. Junto com ele foi preso Rodrigo Ferreira, 40 anos.

O vídeo que motivou a prisão mostra Nascimento falando em “estado de sítio” e convocando possíveis entusiastas a matar, “diante de Jesus Cristo”, o presidente “Jair Messias Bolsonaro; Antonio Hamilton Martins Mourão; Luiz Inácio Lula da Silva; Dilma Vana Rousseff; Michel Miguel Elias Temer Lulia; Ibaneis Rocha; João Doria; Ronaldo Caiado; Gledson Cameli; Renan Filho; Waldez Góes ; Wilson Lima Rui Costa; Camilo Santana; Renato Casagrande; Mauro Mendes; Reinaldo Azambuja; Flávio Dino; Romeu Zema Helder Barbalho; Ratinho Junior; João Azevedo; Paulo Camara; Wellington Dias; Wilson Witzel; Fátima Bezerra Eduardo Leite; Coronel Marcos Rocha; Carlos Moises; Delivaldo Chagas e Mauro Carlesse”.

DESTAQUE
- Publicidade -
Veja também: