14.5 C
Brasília
Domingo, 26 Junho, 2022

Empresários e moradores celebram reabertura dos bares no DF: “O país tem de andar”

A primeira noite de reabertura dos restaurantes e bares em Brasília foi de comemoração para empresários do setor, assim como para a população que não via a hora de fazer uso dos estabelecimentos e poder curtir um momento com os amigos.

“O país tem de andar para a frente. As coisas ficaram tempo demais fechadas. Tenho receio de meus pais e familiares contraírem o vírus, mas é preciso retomar as atividades”, afirmou o estudante Gabriel Barbosa, que estava no bar Piauí, na 402 Sul, segundo o Correio Braziliense.

Para o gerente do Fausto & Manoel, Afrânio Cordeiro, a intenção é fazer o possível para que todos cumpram as recomendações de prevenção contra o coronavírus, a fim de que a reabertura não seja temporária, mas permanente.

“A gente está fazendo de tudo para não fechar mais e que dê tudo certo daqui para a frente. Estamos seguindo todas as medidas possíveis. Deixando à distância de dois metros de uma mesa para a outra, a toda hora, os funcionários estão passando álcool. Nosso cardápio é de QR code, tem talheres embalados, todos usam máscaras”, explicou.

A reabertura dos bares e restaurantes em Brasília coincidiu com a transmissão da final do Campeonato Carioca entre Flamengo e Fluminense, na quarta-feira (15), o que ajudou a movimentar ainda mais o setor tão afetado pelos meses de isolamento.

No tocante à saúde mental, algo aparentemente pouco observado durante a quarentena, a sensação de alívio ao poder sair de casa para reencontrar os amigos e bater-papo numa mesinha de bar foi gratificante.

“Foi emocionante reencontrar todos”, disse João Gomes, 77 anos. “Passamos quatro meses sofridos em casa, só por delivery e sem poder nos encontrar. Ter a reabertura, e ainda na quarta-feira, não tinha como deixar de vir e prestigiar.”

DESTAQUE
- Publicidade -
Veja também: