14.5 C
Brasília
Domingo, 26 Junho, 2022

Aos 92 anos e com doença pulmonar, idoso fica curado do coronavírus e recebe alta

O receio de contaminação com o novo coronavírus tem causado preocupação em muitas famílias, e não é por acaso, visto que o a Covid-19 oferece maior risco para o público considerado de risco, onde estão inclusos pessoas com problemas de saúde pré-existente e idosos a partir de 60 anos.

Felizmente, o número de casos de idosos que venceram o coronavírus é muito maior do que o de mortes, e um deles é o de Ângelo José de Oliveira, que aos 92 anos conseguiu se curar da doença e já recebeu alta do hospital, em Brasília.

O ancião precisou ficar internado na UTI do Hospital Daher por 19 dias, recebendo todos os cuidados necessários contra o coronavírus. A recuperação de Ângelo teve motivo dobrado de comemoração, visto que além de possuir idade avançada, o idoso também possui a doença de chagas, doenças renais e doença pulmonar crônica.

Ou seja, os riscos de que o coronavírus fosse fatal para Ângelo eram dobrados, mas apesar disso ele conseguiu se recuperar, contrariando o receio de muitos, para alívio dos seus familiares.

“Desde a entrada no Hospital Regional de Santa Maria, até a ida para o Daher, fomos muito bem tratados e acolhidos. Só tenho a agradecer a todos que cuidaram dele. fica aqui o meu reconhecimento”, disse o filho Carlos Gomes de Oliveira, segundo o Jornal de Brasília.

“Agora é só alegria para os cinco filhos, netos e bisnetos”, lembrou Carlos. Assista o momento da saída de Ângelo abaixo:

DESTAQUE
- Publicidade -
Veja também: