Mais

    Ucrânia alerta sobre risco de catástrofe nuclear que pode afetar toda a Europa

    O presidente ucraniano Volodymyr Zelensky gravou um vídeo instantes atrás, com o objetivo de alertar o mundo, em especial à Europa, sobre o risco iminente de ocorrer uma catástrofe nuclear na usina de Zaporíjia, a maior do continente e uma das maiores do planeta.

    “O mundo inteiro deve inteirar-se agora que a segurança comum depende inteiramente da atenção global prestada às ações dos ocupantes da central”, afirmou o presidente ucraniano, após dizer que a Rússia, que ocupa as instalações da usina desde 2022, teria instalado explosivos na usina com o objetivo de causar sua destruição e culpar a Ucrânia.

    “Temos agora informação dos nossos serviços de espionagem de que as tropas russas colocaram objetos semelhantes a explosivos no telhado de várias unidades da central nuclear de Zaporíjia, possivelmente para simular um ataque”, afirmou Zelensky.

    Caso a informação seja verdadeira, dependendo da quantidade de reatores nucleares afetados, a destruição da usina poderá afetar a Europa inteira, o que significa dezenas de milhões de pessoas, sendo uma catástrofe radioativa muito maior do que a ocorrida em Chernobyl, uma usina situada perto da cidade de Pripiat, no norte da antiga Ucrânia Soviética, em 1986.

    A Rússia, por sua vez, já emitiu um comunicado negando as informações de Zelensky. Os russos acusam a Ucrânia de planejar o ataque. Mas, como a usina está sob o controle russo, o presidente ucraniano garante que “a única fonte de perigo na central nuclear de Zaporíjia é a própria Rússia e mais ninguém”. Assista:

    Leia também:

    Posts da semana

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    close