11.5 C
Brasília
Sábado, 25 Junho, 2022

Presidente da Câmara defende eleição com voto impresso “para que não paire dúvida”

Presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira discursou hoje em sua terra natal, Alagoas, onde esteve acompanhado do presidente Jair Bolsonaro durante uma cerimônia de inauguração de obras e entregas de casas populares na região, ocasião onde defendeu, entre outros, o voto impresso nas eleições.

“É importante para que não paire dúvida na cabeça de nenhum brasileiro. Temos que respeitar o sistema eleitoral, mas ele também tem que ser possível de auditagem. Ontem, nós, ao final da sessão, assinamos um ato criando a comissão especial que vai analisar o texto do voto auditável no Brasil”, disse Lira.

Antes da sua fala, a plateia formada por populares que acompanhavam a cerimônia puxou dois coros distintos. Um deles foi “voto impresso”, sendo atendido em seguida pelo conterrâneo pela confirmação da criação de uma comissão especial, na madrugada de hoje, que analisará a PEC do voto impresso, passo importante para a aprovação da medida.

O segundo foi um xingamento contra o senador e relator da CPI da Covid, Renan Calheiros. Os populares gritaram “Renan é vagabundo”, repetindo as palavras do presidente Jair Bolsonaro durante o seu discurso.

Vale ressaltar que Calheiros também é natural de Alagoas, estado governado por seu filho, Renan Filho. Em seu discurso, Bolsonaro também criticou o senador de forma indireta:

“Sempre tem algum picareta, vagabundo, querendo atrapalhar o trabalho daqueles que produzem. Se Jesus teve um traidor, temos um vagabundo inquirindo pessoas de bem no nosso país. É um crime o que vem acontecendo nessa CPI”, disse o presidente.

DESTAQUE
- Publicidade -
Veja também: