Mais

    TSE exclui Forças Armadas do grupo de fiscalização das urnas: ‘Não foi necessária’

    O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu excluir as Forças Armadas da relação de entidades que podem participar da fiscalização do sistema eletrônico de votação. A medida tem como objetivo evitar novos problemas com os militares que, supostamente, teriam atuado de maneira controversa nas eleições do ano passado.

    A alteração foi apresentada ao plenário pelo presidente do TSE, Alexandre de Moraes, na sessão desta terça-feira (26) e aprovada por unanimidade. “Não se mostrou necessária, razoável e eficiente a participação das Forças Armadas no rol das entidades fiscalizadoras do sistema eletrônico de votação e também na Comissão de Transparência Eleitoral”, disse o ministro.

    Segundo Moraes, os militares vão continuar desempenhando o papel que sempre desempenharam na Justiça Eleitoral, de auxílio na segurança dos eleitores em locais de votação mais sensíveis e apoio logístico para o transporte de urnas eletrônicas para lugares remotos.

    O plenário também retirou o Supremo Tribunal Federal (STF) dessa relação, porque cabe à Corte, como órgão máximo do Poder Judiciário, analisar eventuais recursos e ações propostas a partir das decisões da corte eleitoral.

    Em uma espécie de contrapartida aos militares, contudo, o TSE decidiu tornar permanente o chamado teste de integridade com biometria. O projeto-piloto foi colocado em prática no pleito de 2022, a partir de uma sugestão dos militares para aumentar a segurança do processo eleitoral.

    Segundo Moraes, agora essa nova modalidade vai acontecer em todos os pleitos, já a partir das eleições municipais do ano que vem. A decisão de inserir as Forças Armadas no grupo de entidades que fiscalizam as eleições partiu do próprio tribunal, em gestões anteriores à de Moraes. Com informações: Valor Econômico.

    Leia também:

    “A Rede Globo está acabando”, diz ator Pedro Cardoso ao lamentar derrocada da emissora

    Famoso principalmente por ter interpretado o personagem "Agostinho Carrara"...

    Maduro vai cair? Opositores arrastam multidão restando poucos dias para as eleições

    Opositores do ditador Nicolás Maduro, Maria Corina e Edmundo...

    VÍDEO: ator comediante Jim Carrey imita Joe Biden, arranca gargalhadas e viraliza

    Os episódios de confusão mental protagonizados pelo presidente dos...

    “Foi somente Deus que impediu que o impensável acontecesse”, diz Trump após atentado

    Donald Trump, candidato à Presidência dos Estados Unidos que...

    Posts da semana

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    close