15.5 C
Brasília
Terça-feira, 28 Junho, 2022

“Se eu for reinfectado, já tenho meu médico aqui e já sei o que ele vai receitar”

O presidente da Republica, Jair Messias Bolsonaro, se pronunciou nesta última quinta-feira (25) em uma live transmitida nas suas redes sociais, onde voltou a defender o uso de medicamentos alternativos para o combate à Covid-19, o que ele chama de “tratamento precoce”.

O tema é alvo de controvérsias entre os profissionais da saúde, visto que muitos defendem o tratamento, enquanto outros dizem que não é eficaz, motivo pelo qual grande parte da mídia tem noticiado informações divergentes a esse respeito.

O Correio Braziliense informou que dentro deste cenário, o presidente declarou também que no caso de ser reinfectado, ele sabe exatamente que seu médico o receitará aquilo que o teria salvado no ano passado.

“O que deve acontecer, no primeiro momento: quem sentir qualquer sintoma que possa ser covid, procure uma UBS, um hospital e converse com seu médico para ver o que ele vai receitar para você. Não tem um medicamento certo para isso ainda. De forma clara, né?”, disse Bolsonaro.

“Não existe medicamento para isso aí, mas o médico tem alternativas e pode salvar a sua vida com essa alternativa. Então o atendimento imediato é bem-vindo e necessário. Se eu, porventura, for reinfectado, eu já tenho meu médico aqui e já sei o que ele vai receitar para mim: o que me salvou lá atrás”, completou.

Junto com a defesa dos medicamentos alternativos, Jair aproveitou da situação para reforçar suas críticas às medidas restritivas impostas em alguns estados por seus respectivos governadores.

“A economia, se parar, pessoal, se a política do ‘feche tudo’ de forma radical continuar, a gente não sabe onde vai parar o nosso Brasil”, concluiu o presidente.

DESTAQUE
- Publicidade -
Veja também: