11.5 C
Brasília
Quinta-feira, 30 Junho, 2022

MP vai investigar gasto de meio BILHÃO com respiradores pelo governo João Doria

João Doria (PSDB) não tem tido vida fácil no governo paulista, já que deputados estaduais de oposição e a própria população têm marcado de perto cada compra de emergência realizada.

Agora, um inquérito civil do Ministério Público Estadual foi instaurado para apurar compras de US$ 100 milhões (cerca de R$ 582 milhões) por 3 mil respiradores da China. Até o momento, o governo comunista chinês liberou apenas 150 unidades.

Em sua defesa, a administração Doria alega que a empresa chinesa foi escolhida após pesquisa de mercado por apresentar as melhores condições de volume e prazos:

“A aquisição cumpriu as exigências legais e os decretos estadual e nacional de calamidade pública”, disse o governo em nota ao jornal O Estado de S. Paulo.

O valor pago por unidade de respirador é de R$ 194 mil, muito acima do praticado pelo Ministério da Saúde, que comprou o mesmo equipamento produzido no Brasil por menos de R$ 50 mil.

Em Minas Gerais, o governo de Romeu Zema (Novo) gastou R$ 58 mil por unidade. Acuado por denúncias e críticas, Doria criou uma corregedoria extraordinária para acompanhar compras relacionadas à pandemia.

DESTAQUE
- Publicidade -
Veja também: