24.5 C
Brasília
Segunda-feira, 27 Junho, 2022

Forças Armadas não vão interferir nas eleições, diz Pacheco: “Não há hipótese”

O presidente do Senado Federal, senador Rodrigo Pacheco, participou do programa Roda Viva, da TV Cultura, onde comentou sobre o pleito eleitoral desse ano. Para o parlamentar, os rumores levantados pela oposição sobre a posição reação das Forças Armadas nas eleições desse ano, não possuem amparo na realidade.

“Não há hipótese de haver por parte das Forças Armadas, na minha opinião, qualquer tipo de amparo a manifestação ou iniciativas que não sejam dentro da ordem democrática e obediência à Constituição Federal”, disse o senador.

O Artigo 142 da Constituição Federal prevê a ação das Forças Armadas para a garantia da Lei e da Ordem no país, podendo os militares serem acionados por qualquer um dos poderes Executivo, Legislativo ou Judiciário. Para Pacheco, tal possibilidade seria apenas uma questão pontual.

“A partir do momento que invocadas por qualquer desses poderes constitucionais para se preservar a lei e o direito e com a democracia, elas não devem ter um compromisso político, muito menos eleitoral”, frisou o senador.

Ainda segundo Pacheco, o Brasil estaria atravessando um momento onde as suspeitas sobre o processo eleitoral partem “do seio da sociedade lançadas por um movimento que visa deslegitimar e descredenciar as urnas eletrônicas, mas que em algum momento foi uma dúvida geral por parte da sociedade”.

DESTAQUE
- Publicidade -
Veja também: