Governador Ibaneis liga Bia Kicis a suposto financiamento de protestos anti-lockdown

O governador de Brasília, Ibaneis Rocha (MDB), deu uma declaração onde cita parlamentares como a deputada federal Bia Kicis (PSL) entre os nomes de pessoas possivelmente ligadas a um suposto financiamento dos protestos contra o lockdown na capital federal.

Questionado sobre possíveis nomes envolvidos nessa suspeita, Ibaneis declarou: “Temos a deputada federal Paula Belmont, a deputada Bia Kicis, a deputada Julia Luci e várias inúmeras pessoas já identificadas que não são de nenhum segmento, não são empregados nem empresários no DF, mas isso tudo fica para polícia apurar.”

Para Ibaneis, o fato de não haver apenas pessoas do setor empresarial/comercial presente nos protestos indicaria que essas pessoas estariam sendo financiadas. O governador, portanto, parece descartar a simples hipótese de que cidadãos comuns, trabalhadores afetados direta ou indiretamente pelo lockdown também possam protestar.

“Se tem alguém naquele movimento, que é para ser de empresário e empregados, e tem alguém que não é nem empresário ou empregado, elas não estão ali de graça, isso que se deduz”, afirmou o governador.

Ibaneis ainda fez afirmações especulativas sobre o polêmico inquérito dos atos supostamente “antidemocráticos” ocorridos em Brasília em 2020, o qual tramita no Supremo Tribunal Federal, alegando que, com base no andamento das investigações, já se teria a conclusão de que houve financiamento dos atos, muito embora nenhuma prova até hoje tenha sido apresentada pelas autoridades. Assista: