Milhares de pessoas receberam água salgada em vez de vacina, na Índia, diz jornal

Milhares de pessoas foram vítimas de um esquema elaborado e abrangente que vende vacinas falsas contra o coronavírus na Índia, com médicos e profissionais da área médica entre os presos por seu envolvimento, dizem as autoridades.

Pelo menos 12 campanhas de vacinação falsas foram realizadas perto do centro financeiro de Mumbai, no estado de Maharashtra, no oeste do país, disse Vishal Thakur, um alto funcionário do departamento de polícia de Mumbai.

“Eles estavam usando água salinizada [soro fisiológico] e injetando-a”, disse Thakur. “Fizeram isso em todos os postos de vacinação falsos que criaram”, completou.

Estima-se que 2.500 pessoas receberam injeções falsas, disse ele. Os organizadores cobraram taxas de suas vítimas pelas doses, ganhando até US$ 28.000, no total (R$ 141.808). “Prendemos médicos”, acrescentou. “Eles estavam usando um hospital que estava produzindo certificados, frascos e seringas falsos.”

Até agora, 14 pessoas foram presas sob suspeita de trapaça, tentativas de homicídio culposo, conspiração criminosa e outras acusações. Mais prisões podem ocorrer enquanto a polícia continua investigando outras pessoas envolvidas no golpe, disse Thakur. Com: CNN Brasil.

Deixe o seu comentário: