Diretora adjunta da OMS alerta que “próxima pandemia” é só uma questão de tempo

O mundo ainda enfrenta a pandemia do novo coronavírus, que mesmo tendo arrefecido em praticamente todos os países, segue fazendo vítimas e exigindo cautelas. Apesar disso, A diretora-geral adjunta da Organização Mundial de Saúde (OMS), Mariângela Simão, já tratou de fazer anunciado preocupante, alertando que no mundo “vai ter uma próxima pandemia”.

A declaração de Mariângela foi dada durante uma entrevista para à emissora francesa RFI. Na ocasião, ela disse que “o mundo precisa acordar”, visto que o enfrentamento de uma nova pandemia será algo “inevitável”, a exemplo do que ocorreu no passado e está ocorrendo agora no planeta.

“Vai ter uma próxima pandemia. Isso é uma coisa que a gente já sabe e que é inevitável. É uma questão de quando vai acontecer. Essa pandemia, depois da gripe espanhola, foi a mais impactante e é também uma constatação: acho que o mundo precisa acordar porque a gente vê que não foram apenas os países em desenvolvimento que fora afetados. Afetou o mundo todo”, afirmou a diretora.

Mariângela também explicou que existe a possiblidade das vacinas atuais contra o novo coronavírus serem aplicadas anualmente, tendo em vista a mudança de comportamento do vírus, o que pode exigir o reforço permanente da imunização.

“Esse é o comportamento desse tipo de vírus, da família dos coronavírus, de se tornarem endêmico. O importante é ter sempre em mente que o mais importante é evitar que as pessoas mais suscetíveis morram por conta desse vírus e que a economia pare como parou”, disse ela.